Capa Fóruns Tudo, menos Tênis de Mesa OLIMPÍADAS DE LONDRES 2012 – Tudo menos TM

Este tópico contém 297 respostas, possui 16 vozes e foi atualizado pela última vez por  Paulo santos 6 anos, 10 meses atrás.

Visualizando 15 posts - 271 até 285 (de 298 do total)

OLIMPÍADAS DE LONDRES 2012 – Tudo menos TM


  • hruanlack
    Participante
    hruanlack

    Rússia venceu o 4º set… Tie Brake agora!


    Adriano_Neves
    Moderador
    Adriano_Neves

    Putz !!! Q virada levou o Brasil !!! :ohmy:

    Faz 2×0, abre 22×19 no 3o. set, deixa a Russia empatar, tem 2 match points a seu favor, leva uma virada no fim do set e perde o 3o. set.

    A Russia começa a acertar tudo e o Brasil parece q cansou, usando o tempo todo a mesma equipe, ai a Russia começa a dominar totalmente a partida e nao deixa nem o Brasil ameaçar nos 4o. e 5o. sets. Assim como, o Brasil tinha feito nos 2 primeiros, onde o Brasil dominou plenamente a Russia… É triste !!! 🙁

    Mais 1 prata e pelo jeito a gente vai ficar só com os 3 ouros mesmo… 🙁

    E eu vou dizer uma coisa, o Brasil tinha feito 2×0 e estava tranquilo no 3o. set, ai eu disse: “É, o Brasil vai ganhar”…
    Ai o meu filho disse: “Acho q nao papai, o Brasil vai perder!” :blink:

    Vou perguntar para ele os numeros da mega-sena agora! 😛

    A Yane marques está em 2o. da classificaçao do Pentatlo, mas nao sei se tem chances de ganhar, vamos torcer para ele ganhar pelo menos alguma medalha.


    hruanlack
    Participante
    hruanlack

    Rússia venceu o 4º set… Tie Brake agora!

    Já era, tomamos a virada! Só resta a Brasileira Yane agora para a ultima medalha..


    hruanlack
    Participante
    hruanlack

    Putz !!! Q virada levou o Brasil !!! :ohmy:

    Faz 2×0, abre 22×19 no 3o. set, deixa a Russia empatar, tem 2 match points a seu favor, leva uma virada no fim do set e perde o 3o. set.

    A Russia começa a acertar tudo e o Brasil parece q cansou, usando o tempo todo a mesma equipe, ai a Russia começa a dominar totalmente a partida e nao deixa nem o Brasil ameaçar nos 4o. e 5o. sets. Assim como, o Brasil tinha feito nos 2 primeiros, onde o Brasil dominou plenamente a Russia… É triste !!! 🙁

    Mais 1 prata e pelo jeito a gente vai ficar só com os 3 ouros mesmo… 🙁

    E eu vou dizer uma coisa, o Brasil tinha feito 2×0 e estava tranquilo no 3o. set, ai eu disse: “É, o Brasil vai ganhar”…
    Ai o meu filho disse: “Acho q nao papai, o Brasil vai perder!” :blink:

    Vou perguntar para ele os numeros da mega-sena agora! 😛

    A Yane marques está em 2o. da classificaçao do Pentatlo, mas nao sei se tem chances de ganhar, vamos torcer para ele ganhar pelo menos alguma medalha.

    Seu filho preveu o futuro! :blink:

    A Yane é a 3ª no Ranking Mundial, conseguiu um Bronze na ultima Copa do Mundo na China e tem chances de medalha… Vamos ver o que dá agora, falta o Hipismo e Combinado!


    Adriano_Neves
    Moderador
    Adriano_Neves

    Yane Marques leva bronze por pouco nao levou a prata !
    Para quem foi 18a. em Pequim foi um crescimento incrivel !

    Parabens para essa pernambucana! 😀


    Adriano_Neves
    Moderador
    Adriano_Neves

    Putz !!! Q virada levou o Brasil !!! :ohmy:

    Faz 2×0, abre 22×19 no 3o. set, deixa a Russia empatar, tem 2 match points a seu favor, leva uma virada no fim do set e perde o 3o. set.

    A Russia começa a acertar tudo e o Brasil parece q cansou, usando o tempo todo a mesma equipe, ai a Russia começa a dominar totalmente a partida e nao deixa nem o Brasil ameaçar nos 4o. e 5o. sets. Assim como, o Brasil tinha feito nos 2 primeiros, onde o Brasil dominou plenamente a Russia… É triste !!! 🙁

    Mais 1 prata e pelo jeito a gente vai ficar só com os 3 ouros mesmo… 🙁

    E eu vou dizer uma coisa, o Brasil tinha feito 2×0 e estava tranquilo no 3o. set, ai eu disse: “É, o Brasil vai ganhar”…
    Ai o meu filho disse: “Acho q nao papai, o Brasil vai perder!” :blink:

    Vou perguntar para ele os numeros da mega-sena agora! 😛

    A Yane marques está em 2o. da classificaçao do Pentatlo, mas nao sei se tem chances de ganhar, vamos torcer para ele ganhar pelo menos alguma medalha.

    Seu filho preveu o futuro! :blink:

    A Yane é a 3ª no Ranking Mundial, conseguiu um Bronze na ultima Copa do Mundo na China e tem chances de medalha… Vamos ver o que dá agora, falta o Hipismo e Combinado![/quote]

    Vou deixar ele completar uns 4 anos para perguntar os numeros da megasena, pq atualmente ele só sabe q existe até o numero 20! 😛


    Adriano_Neves
    Moderador
    Adriano_Neves

    Tchau Olimpiadas !!! Agora, só daqui a 4 anos no Rio !!! Vou ver se junto dinheiro para ir assistir Ao Vivo !!! 😛

    Apesar de termos tido poucos ouros, comparados aos esperados, tivemos as boas surpresas do judo feminino, da ginastica e até mesmo do volei feminino de quadra q nao era esperado, para compensar ou outros ouros mais esperados, q nao foram confirmados! E com ajuda do boxe e do pentatlo, conseguimos ultrapassar o maior numero de medalhas de todos os tempos! :cheer:

    Provavelmente, no Rio teremos mais medalhas, pois como a competiçao é no Brasil, os nossos atletas estarao classificados para todas as competiçoes e assim como acontece com quase todos paises sede, a quantidade medalhas tende a subir muito alem do normal, até mesmo pq o governo investe dinheiro na preparaçao dos atletas nos anos anteriores as olimpiadas para nao “fazer feio”.


    hruanlack
    Participante
    hruanlack

    Tchau Olimpiadas !!! Agora, só daqui a 4 anos no Rio !!! Vou ver se junto dinheiro para ir assistir Ao Vivo !!! 😛

    Apesar de termos tido poucos ouros, comparados aos esperados, tivemos as boas surpresas do judo feminino, da ginastica e até mesmo do volei feminino de quadra q nao era esperado, para compensar ou outros ouros mais esperados, q nao foram confirmados! E com ajuda do boxe e do pentatlo, conseguimos ultrapassar o maior numero de medalhas de todos os tempos! :cheer:

    Provavelmente, no Rio teremos mais medalhas, pois como a competiçao é no Brasil, os nossos atletas estarao classificados para todas as competiçoes e assim como acontece com quase todos paises sede, a quantidade medalhas tende a subir muito alem do normal, até mesmo pq o governo investe dinheiro na preparaçao dos atletas nos anos anteriores as olimpiadas para nao “fazer feio”.

    É, só daqui a 4 anos, mais eu gosto muito desse espirito que fica de Competição rs, ano que vem tem a Copa das Confederações também e 2014 já a Copa, espero que passe rápido…
    Daqui a 4 anos vou ter 18 anos haha :cheer: , acho que vou conseguir ver alguma coisa Ao Vivo, só juntar a grana rs…

    Tchau Olimpiadas de Londres! B)


    felipe.sartor
    Participante
    felipe.sartor

    Revendo meus palpites:

    Claramente eu torcerei muito por todos (principalmente para o Handebol), pois como atleta, sei das dificuldades de se dedicar a algum esporte no Brasil, se não o futebol.

    Mas ao meu ver, as reais chances de medalhas que temos vêm de:
    Atletismo, com Murer e Maurren

    Erro.. me decepcionei mais com a Murer do que com a Maurren.

    Basquete, com a volta do Nenê e Leandrinho (masc). Talvez não venha o ouro, mas temos grandes chances se todos decidirem jogar com garra.

    Erro. Faltou pouco. A garra acabou perdendo para a euforia e se tornou desespero no fim do jogo eliminatório. 🙁

    Volei e volei de praia, resultados recentes fracos, mas o Brasil domina esse esporte ha mais de uma década. Alias, deveriam nos chamar de País do Volei, ao invés de País do Futebol. A experiência dos jogadores e, principalmente, dos técnicos Zé Roberto e Bernardinho farão MUITA DIFERENÇA.

    Acerto. O volei de praia me chateou um pouco. Mais até do que o volei masculino. O feminino foi fantástico.

    Futebol, apesar da torcida contra e dos “mascarados da Globo”, temos de admitir que o time olimpico nunca esteve tão forte.

    Acerto. Nem é preciso comentar nada.. (prata também é medalha, né? rs)

    Ginástica, com Arthur Zanetti e Diego. Fora as meninas que tem boas chances – maiores se a Jade participasse =(

    Acerto. Zanetti levou a dourada. Hipólito novamente não resistiu à pressão. Muito triste em saber que essa era provavelmente a última chance que ele tinha para brigar por uma medalha olimpica.. =(

    Hipismo, onde temos uma grande seleção de saltos. Ninguém ainda os citou.

    Erro.

    Natação, com Cielo.

    Acerto. Infelizmente nossa maior estrela não estava no seu melhor dia, e seus adversários sim. Tbm me esqueci de citar o Thiago. =)

    Pentatlo, um esporte desconhecido por muitos, que tem a Yane Marques como terceira colocada mundialmente.

    Acerto. Um belo acerto. Uma importantissima medalha para uma (umas?) modalidade que ninguém conhecia. =)

    Vela, temos os favoritos. Sempre tivemos. O Brasil domina esse esporte há muito tempo.

    Acerto. Eu já sabia.. Scheidt é praticamente um Ayrton Senna do mar. Zilhares de vezes campeão mundial. Infelizmente o vento não soprou a seu favor para mais um ouro olimpico. Acontece.

    Nas lutas, temos gente boa para competir:
    Boxe, um esporte que ninguem citou ainda. Temos muitos talentos nessa luta, inclusive um atual campeão mundial (Everton Lopes).

    Acerto. Nosso principal nome caiu, mas até no feminino levamos uma! Grandes Falcões e Adriana! Parabéns!

    Judô, que pode chegar a 4 medalhas!

    Acerto. As 4 medalhas que eu citei vieram! o/

    Taekondo, com a Natalia (bronze em Pequim) e o Diogo, que não teve bons resultados, mas contou com a sorte nas chaves.

    Erro. Meu chute mais arriscado. Não custava torcer.. =)

    E finalmente, no Handebol Feminino, com a 5º melhor seleção do mundo. Esse grande e conhecido esporte que é ao mesmo tempo minha maior paixão e o esporte menos investido e incentivado do país.

    Erro. Nunca faltou tão pouco pra esse time chegar lá! Nunca! Fizeram uma primeira fase impecável, só deram um pouco de azar de pegarem logo a equipe mais forte nas eliminatórias. Tenho certeza que se não fosse isso, cabia um bronze. =(

    Levantamento: Até que não fui tão mal nos chutes.. Queria muito ter errado pra menos e termos ganhado mais medalhas.. =(


    Adriano_Neves
    Moderador

    Nakata
    Moderador
    Nakata

    A Russia começa a acertar tudo e o Brasil parece q cansou, usando o tempo todo a mesma equipe, ai a Russia começa a dominar totalmente a partida e nao deixa nem o Brasil ameaçar nos 4o. e 5o. sets. Assim como, o Brasil tinha feito nos 2 primeiros, onde o Brasil dominou plenamente a Russia… É triste !!! 🙁

    A Rússia começou a acertar tudo devido a uma mudança tática sem precedentes efetuada pelo técnico russo. Nunca se viu algo parecido na história do esporte. Foi algo tão inusitado, tão absurdo, que acabou se tornando genial. O russo tirou o Musersky, aquele de 2,18m, do meio e botou de oposto. O oposto original, Mikhaylov, foi jogar de ponteiro. E largou o Volkov no meio para bloquear e o veterano Tethiukyn na recepção junto com o líbero.
    Nos dois primeiros sets o Musersky não achava os atacantes brasileiros, pois apesar de alto é lento no deslocamento lateral. Como oposto ele se livrou da obrigação de bloquear. E passou a ser o oposto que pega a bola mais alto no mundo. O Mikhaylov jogando de ponteiro ganhou muita confiança, já que tinha com quem dividir a tarefa de virar as bolas. E o Volkov, mais ágil que o Musersky, conseguiu vários bloqueios para gerar contra-ataques.
    E infelizmente o Brasil, que é um time extremamente científico, ficou sem base de dados para jogar. O Bernardinho não sabia que características tinham os russos nas novas posições. Devido ao embalo dos dois primeiros sets o Brasil ainda conseguiu equilibrar as ações no terceiro, já que o time russo também estava em evolução tática. Mas depois que venceram o terceiro set e ganharam confiança ficou impossível pará-los. Mérito total dos russos, principalmente do técnico. Se não fosse sua ousadia a medalha de ouro teria sido nossa. Mas também brilhante a campanha brasileira, com vitória incontestável sobre a Itália, na semifinal.
    Agora, no feminino… Que vitória! Que reação. Foi tão imperativa que chegou a ser surpreendente. Algumas das jogadoras brasileiras jogaram a melhor partida da vida delas, na minha opinião, caso da líbero Fabi e da levantadora Dani Lins. A Dani simplesmente acertou TUDO e a Fabi defendeu ataques de maneira inacreditável. E todas as outras jogadoras jogaram muito bem. Fabiana bloqueando no tempo certo e a Thaisa atacando com precisão. Sheilla, depois de um primeiro set ruim, mudou da água pro vinho depois. E as ponteiras Fernanda Garay e Jaqueline atacaram mais bolas limpas (sem tocar no bloqueio) do que em qualquer outro jogo anterior. O Zé Roberto é um gênio. Ele deu uma instrução sensacional. As ponteiras estavam tirando demais do bloqueio e batendo para fora. O Zé viu que o bloqueio americano estava chegando quebrado e mandou bater no meio do bloqueio, entre as duas americanas. Não deu outra, foi bola no chão direto. Tudo funcionou como um relógio suíço.
    O momento marcante para mim foi no final do terceiro set, com as jogadoras reservas vibrando e pulando como loucas do lado de fora e transmitindo a energia para o público. Acho também que as americanas entraram com um saltinho alto. Elas eram tão superiores, desde a Liga Mundial, que acharam que ninguém teria condições de vencê-las. Ainda mais depois do massacre do primeiro set. Devem ter pensado que já estava garantido e depois da reação brasileira, não conseguiram mais reencontrar seu melhor momento. Dizem que o tênis de mesa é um esporte muito mental, mas o vôlei não fica atrás. O time que tem o melhor momento psicológico tem muita vantagem.
    Confesso que eu mesmo estava descrente quanto ao vôlei trazer medalhas, mas nunca fiquei tão feliz de ter minha língua queimada. A Fabi, na comemoração, declarava: “Cala a boca. Cala a boca.” Eu me calo. Com humildade e superfeliz da vida.
    Os salários milionários que ganham os pernas-de-pau do futebol deveriam ir para jogadores de vôlei e seus técnicos. Estes são os que dão orgulho ao povo. Com 1 a 2% do salário dos chamados supercraques, os jogadores de vôlei conseguem ser muito mais eficientes tecnicamente. Nós sabemos que são craques da bola e não inventados pela mídia.

    Alcir Zardetto Franzol

    Nakata, a sua mensagem foi muito legal. Me lembro de vc descrente do vôlei antes do começo das olimpíadas (é seu direito), mas agora tem a humildade de reconhecer e valorizar a conquista do pessoal, ao invés de desmerecê-la de forma a se justificar. Ah que bom se todo mundo tivesse esta postura!
    Acho que a conquista do voleibol feminino não precisa de comentários mas, como grande admirador da seleção masculina e de tudo o que ela conquistou e representa, eu gostaria de aproveitar o espaço para colocar a minha opinião. E é com muita tristeza que começo dizendo que o brasileiro ODEIA a competência. Por esta razão, os caras (e as meninas tb) já vinham sendo duramente criticados antes mesmo da competição, na qual se superaram e honradamente chegaram à sua final. Amigos, eu assisti todo o jogo contra a Rússia e o que eu vi naqueles 3 últimos sets é que nenhum grupo de humanos venceria aqueles russos, e por isso afirmo: o Brasil não perdeu o ouro e sim a Rússia o ganhou. Quem daqui realmente encara o esporte como atleta (não importa se profissional, amador, ou de final de semana), vai saber do que eu estou falando e até possivelmente já viveu situação parecida (eu mesmo, por várias vezes). Mas mesmo assim, o brasileiro (de todas as classes sociais e grupos de convívio) em sua ignorância já disse e vai dizer que eles amarelaram, entre tantos outros.

    Enfim, eu acredito que desde a última olimpíada, a minha relação com o esporte mudou bastante. Tamanha foi a profundidade desta relação, que acredito ter adquirido uma empatia irreversível. Por esta razão, me entristece muito ler muita coisa que andei lendo por aí (e aqui). É impressionante o número de especialistas que “surgem” para criticar atletas das mais diversas modalidades, e não estou falando da mídia, porque este é o jogo deles, mas sim de gente que não tem ou parece não ter a mínima noção do que é o esporte e a competição. Durante quatro anos, ninguém dá conta da existência dos atletas, mas na hora das olimpíadas, são execrados. Exemplifico com o comentário abaixo, de um leitor, que retirei de uma matéria dando conta de algumas frases das olimpíadas:
    “O Brasil teve bastante turista, como o ministro da Áustria falou (o ministro declarou “precisamos parar de produzir turistas olímpicos, a lei de incentivo tem que ser mudada, não podemos desperdiçar dinheiro assim”), temos que investir em novos talentos com capacidade e parar de levar os turistas que não tem a minima condição de chegar sequer a uma semi-final, casos da natação, atletismo, canoagem, remo.. etc…”
    Seguindo racionalmente a mesma linha idiota de pensamento, acredito que ele deva ser executado, já que não vai descobrir a cura para a AIDS ou para o câncer. Mas o pior não é ler isto, e sim saber que este imbecíl ilustra exatamente o pensamento brasileiro a respeito do esporte. É necessário que eu deixe claro que não não estou em total desacordo com o ministro da Áustria, pq concordo que exista sim os turistas olímpicos e que a preocupação com o investimento de dinheiro público é legítima e parte de sua obrigação, mas acho que isto não pode ser baseado em resultado em si, como tanto o mesmo quanto o acéfalo que escreveu o comentário baseado em seu posicionamento estão fazendo, mas sim na atitude esportiva.
    Paralelamente a isto, temos a infeliz cultura de massacrar a derrota sempre colocando toda a responsabilidade sobre o perdedor. Parece que esquecemos que todos que estão ali treinam, se dedicam e buscam novas formas de ganhar vantagem competitiva. Sendo assim, em primeiro lugar, acredito profundamente que as pessoas precisam darse conta de que o universo não gira em torno do nosso umbigo, e portanto é necessário reconhecer que, embora às vezes sejamos responsáveis pelo próprio fracasso (vide futebol), o adversário merece respeito e deve ter seu feito valorizado. Utilizando o próprio futebol, quem vcs viram ressaltando a evolução do futebol mexicano, dizendo que eles vêm obtendo resultados cada vez melhores e mais consistentes e têm cada vez mais jogadores nos principais mercados da modalidade? É bem provável que eu tenha sido o primeiro e único a dizer isto a vcs, e não se trata de opinião, mas sim de fatos.
    Finalizando esta reflexão, acho que tão ou mais importante do que mudar o cenário esportivo, é mudar a nossa própria forma de encarar o esporte. Torcedor é torcedor, que fala com a paixão e sabemos que ela não é a mais sábia das conselheiras, portanto não há de se levar em consideração as suas bravatas. Mas quem de fora quer criticar de forma relevante, tem que fazê-lo com ponderação e de cabeça fria (e na perspectiva de atleta, caso seja um, independente de seu grau de envolvimento), caso contrário se tratará apenas de barulho, seja de tiros ou de fogos de artifício, e ambos, evolutivamente falando, só servem para incomodar e desviar o foco.

    Abraços!!!

    Alcir Zardetto Franzol

    Clube: Bunka São Bernardo do Campo

    Material: Tibhar Evolution MX-S (FH) / Tibhar Evolution FX-P (BH) / Butterfly Petr Korbel FL


    felipe.sartor
    Participante
    felipe.sartor

    Uma revolta: Ontem ouvi um gerente de TI aqui da empresa (uma pessoa extremamente bem instruida e jovem, de seus trinta e poucos anos) dizer: “Se tivesse vindo o ouro no futebol, pra mim não precisava de mais nenhuma outra medalha”.

    Se pessoas bem instruidas e com um nível de “conscientização” acima da média diz isso, como pensa a grande massa, que só conhece a meia dúzia de esportes que precisou aprender forçadamente nas aulas de educação física (se é que teve)?

    Lastimável.


    Nakata
    Moderador
    Nakata

    Já se disse (sabiamente) por aqui que futebol neste país não é um esporte. É uma doença.
    Da minha parte estava torcendo contra esta seleção medíocre, que nunca, sequer por 1 minuto, encantou como fazia a seleção de Telê Santana e como faz o Barcelona o tempo todo. Na hora da decisão eu estava no Morumbi Shopping já que não dava a mínima para o jogo. Quando fiquei sabendo da derrota verde e amarela quase comprei uma camisa da seleção mexicana. Só não o fiz porque o preço estava absurdamente caro. Mas ficarei eternamente grato aos mexicanos por terem escancarado o quanto é fraco o futebol disto que chamam de “Seleção” atualmente. São um bando de pernas-de-pau coletivamente e que darão vexame atrás de vexame enquanto não se colocar alguém capacitado para fazer daquilo um time.
    A pior coisa que poderia ter acontecido seria o Brasil ganhar o ouro no futebol masculino. Ainda bem que não aconteceu.


    fabiokbssatte
    Participante
    fabiokbssatte

    Alcir, concordo em gênero, número e grau com suas palavras. Igualmente ao Nakata e ao felipe.

    Mas seguindo o raciocinio do Alcir, eu e meu irmao estavamos conversando ha alguns dias sobre exatamente isso, e chegamos a conclusão(que brasileiro odeia mesmo a competencia) que se voce é uma pessoa que sabe, ou tem uma visao um pouco mais ampla e instruida, você será sempre o arrogante, sabe tudo, o nojento etc.

    Faço das palavras do Nakata as minhas com relaçao a espectativa do volei nas olimpiadas, eu tambem estava descrente(apesar de acompanhar pouco) depois do desempenho naquele ultimo torneio antes das olimpiadas. Porem, com muito bom grado queimei a lingua.

    Ja relacionado ao futebol, meus pesames a quem ainda acha que isso é um esporte no Brasil. E algumas vezes eu mesmo cheguei a culpar a mídia por isso, porém mudei minha opiniao, a mídia faz o papel dela, burro sao os telespectadores que compram a idéia. Dissernimento passa longe.

Visualizando 15 posts - 271 até 285 (de 298 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.

x